25 julho 2010

Já foram à Cabana?

Dica de livro: A Cabana


"A dor tem a capacidade de cortar nossas asas e nos impedir de voar"

"Os sonhos podem ser um modo de abrir a janela e deixar que o ar poluído saia"


"Deus não precisa castigar as pessoas pelos pecados. O pecado já é o próprio castigo, devora as pessoas por dentro. O objetivo de Deus não é castigar, Sua alegria é curar"

 “Você pode dizer adeus a sua família e a seus amigos e afastar-se milhas e milhas e, ao mesmo tempo, carregá-los em seu coração, em sua mente, em seu estômago, pois você não apenas vive no mundo, mas o mundo vive em você.”

"Um Deus infinito pode se dar inteiro a cada um de seus filhos. Ele não se distribui de modo que cada um tenha uma parte, mas a cada um ele se dá inteiro, tão integralmente como se não houvesse outros." 

"A escuridão esconde o verdadeiro tamanho dos medos, das mentiras e dos arrependimento. A verdade é que eles são mais sombras do que realidade, por isso parecem maiores no escuro. Quando a luz brilha nos lugares onde eles vivem no seu interior, você começa a ver o que são realmente".

"(...)já julgou muitas pessoas durante a vida. Julgou os atos e até mesmo as motivações dos outros,como se soubesse quais eram. Julgou a cor da pele,a linguagem corporal e o odor pessoal.(...) Até julgou o valor da vida de uma pessoa segundo seu conceito de beleza."

“…eu crio um bem incrível a partir de tragédias indescritíveis, mas isso nao significa que as orquestre(…) A graça nao depende da existencia do sofrimento, mas onde há sofrimento, voce encontrara a graça de inumeras maneiras.”


Faz muito tempo que li esse livro (acho que mais de um ano), mas não posso deixar de dar essa dica para vocês.
É uma história de ficção, mas surpreendente, envolvente, impressionante!!
Esse livro tem uma linguagem tão simples e ao mesmo tempo tão profunda, que muitas vezes tinha que parar a leitura por não conseguir enxergar as letras,  tamanha minha comoção.
Falar sobre perdas, perdão, fé, posicionamento é sempre delicado. E isso o autor William P. Young  aborda muito bem. 
É difícil explicar a maneira como um livro muda a nossa vida ou a maneira como enxergamos Deus.
Fiquei com gostinho de 'quero mais' quando terminei. Por isso e por muito mais, aconselho SIM a leitura, acreditando também que um relacionamento íntimo com Deus é mágico e inexplicável aos olhos humanos.
Bjkas e boa leitura a quem ler!!
Mari

4 comentários:

  1. Mari,

    ganhei esse livro no Natal passado acredita q ainda não li ??? to começando um hj e depois quem sabe me empolgo a ler

    é pq ouvi 2 tipos de comentários desse livro de gente q amou e gente q não curtiu

    acho q fiquei coma impressão ruim em mente mesmo sem ler....

    beijo e valeu a dica

    ResponderExcluir
  2. Eu amei esse livro...reli ele esse ano.Acho que é um livro pra se reler sempre,depende de como estamos,ele se apresenta de maneira diferente e nos toca de outro jeito...
    Bjs

    ResponderExcluir
  3. Carmine, eu ainda quero reler e creio que vai falar de uma forma diferente mesmo. Tudo depende de como estamos, não é? Só sei que a 1a vez quase morri de tanto chorar.

    Bjkas

    ResponderExcluir
  4. Eu li esse livro e simplesmente aaammmeeiii.
    É o tipo de leitura que te prende do início ao fim, e o mais legal é que o final da história é surpreendente.
    Bjs Mari, descobri seu blog a pouco tempo e estou adorando.

    ResponderExcluir

Fico feliz em receber seu comentário!!
Responderei assim que puder =)
Obrigada por visitar o Arte com Estilo!